Site Galvani silva.com
Agnaldo Trajano realiza grande show de humor em Nova Floresta
14/12/2014
Texto/fotos: Gustavo Camelo
O Humorista Agnaldo Trajano realizou na noite do último sábado (13), um show de humor em sua cidade natal, o penúltimo da sua turnê pela Paraíba. O evento ocorreu no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Nova Floresta e contou com a presença de centenas de pessoas .
Agnaldo Trajano é natural de
Nova Floresta-PB, mas reside desde do ano de 1997 em São Paulo. A noite de humor ainda contou com a participação da cantora paulista Vivi Silva, que cantou e encantou a plateia com sua bela voz e seu carisma

 HUMORISTA FLORESTENSE E SUA ESPOSA FORAM DESTAQUES NO PROGRAMA DA ELIANA DURANTE O CASAMENTO DE TIRIRICA.

Mais um humorista natural de Nova Floresta participa do programa da Eliana, no SBT. 

 Pra variar, mais um humorista, apareceu na telinha do SBT.Agnaldo Trajano juntamente com sua esposa Vivi Silva, fizeram participações como atores em pegadinha durante o casamento surpresa do Tiririca, apresentado no programa da Eliana. O quadro foi ao ar no último domingo,30 abril 2017


O humorista Agnaldo Trajano fará o espetáculo Misturando Tudo neste sábado, 25 outubro 2014 , às 21h, no Teatro Clara Nunes. Um dos pontos mais divertidos da apresentação será as imitações de artistas como Zé Ramalho, Maria Bethânia, Cid Moreira, Raul Seixas e Renato Russo.

O ator também contará piadas inspiradas no cotidiano e vai mostrar ao publico personagens hilários, criados por ele, como o descolado Zé Bobó, e a sexóloga Bucineide.
Natural da Paraíba, o ator iniciou-se na carreira artística participando de programas de rádio e de teatro em Nova Floresta, sua terra natal. Em 1997, já em São Paulo, conheceu Pedro de Lara, jurado de televisão e radialista, e com ele trabalhou por alguns anos na Rádio Atual fazendo imitações de famosos. Também participou em programas na Tropical FM, Tupi e Rádio Capital e, na TV, atuou no Multishow, novela Malhação, Programa do Ratinho, Show do Tom e Zorra Total.

O riso correrá solto!

O riso correrá solto amanhã (25), às 21 horas, no Teatro Clara Nunes. O humorista Agnaldo Trajano fará o espetáculo "Misturando Tudo", com imitações de cantores, dentre os quais Zé Ramalho, Maria Bethânia, Cid Moreira, Raul Seixas, e Renato Russo.
O ator também contará piadas inspiradas no cotidiano e vai mostrar ao publico personagens hilários, criados por ele, como o descolado Zé Bobó, e a sexóloga Bucineide. "O Misturando Tudo é um show bem diferente. Além de dar boas risadas o público vai se surpreender muito com o que será apresentado", afirma Trajano.
Natural da Paraíba, o ator iniciou na carreira artística participando de programas de rádio e de teatro em Nova Floresta, sua terra natal. Em 1997, já em São Paulo, conheceu Pedro de Lara, jurado de televisão e radialista, e com ele trabalhou por alguns anos na Rádio Atual fazendo imitações de famosos. Também participou em programas na Tropical FM, Tupi e Rádio Capital e, na TV, atuou no Multshow, novela Malhação, Programa do Ratinho, Show do Tom e Zorra Total.
Para ver o show "Misturando Tudo" os ingressos estão à venda na bilheteria do Teatro Clara Nunes, no horário das 15h às 19h. Valor: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia e antecipada). Classificação: 14 anos.
Serviço - Teatro Clara Nunes, rua Graciosa, 300, Centro, Diadema. Tel. 4056-3366.

Da redação

Raul Seixas, Zé Ramalho, Renato Russo, Tim Maia, Cauby Peixoto, Luiz Gonzaga e Maria Bethânia juntos no mesmo palco. Já pensou se fosse
possível? Para o comediante Agnaldo Trajano, é privilégio homenagear todos esses artistas com suas imitações. Eles são alguns dos personagens
de uma cartela com mais de 20 que Trajano vai apresentar amanhã, às 21h, no Teatro Elis Regina (Avenida João Firmino, 900. Tel.: 4109-6262), em São Bernardo.
Trata-se do Misturando Tudo, em que o artista faz mix de tributos com personagens criados por ele. "O Zé Bobo pensei para um programa de rádio, foi o primeiro. Já a Lucineide a utilizo, além dos shows, para fazer palestras sobre doenças sexualmente transmissíveis. Enfim, tem 'figura' para todos os tipos", conta o humorista ao Diário.
Segundo ele, a plateia sempre é convidada a participar dos seus shows, que têm classificação etária de 14 anos. "É algo bem interativo. Espero que as pessoas saiam da apresentação felizes. Ainda mais em tempo em que só se fala em crise, problemas. Sempre é válido brincar do que ficar só reclamando".